Portugal volta a conquistar o “óscar” de melhor destino da Europa

* Texto publicado originalmente no site Publico

É o terceiro ano consecutivo que o país vence os World Travel Awards europeus. A gala decorreu esta noite na Madeira, também eleita a melhor ilha. Lisboa, Algarve, TAP, Douro Azul, Dark Sky Alqueva e Passadiços do Paiva estão entre os 41 galardoados com prémios europeus e nacionais.

Eram cerca de centena e meia de nomeações para Portugal e as expectativas eram altas, até porque o país jogava em casa. Na gala europeia dos World Travel Awards (WTA), que decorreu esta noite no Funchal, o resultado, conseguido através de votação popular e de profissionais, foi um número recorde de prémios para candidaturas portuguesas: 41 galardões (26 europeus, 15 nacionais), mais três que no ano passado, com Portugal a ser declarado, pelo terceiro ano consecutivo, o melhor destino da Europa.

Na cerimónia houve mais prémios de topo para o país, como o “óscar” para melhor destino para escapadelas (city break) atribuído a Lisboa, cujo porto de cruzeiros foi também considerado o melhor. Entre as distinções nacionais ou regionais, as restantes são repetições de vitórias anteriores, caso da Madeira, que foi declarada, pela sexta vez, o melhor destino insular europeu, ou do Algarve, que conseguiu reconquistar o troféu de melhor destino de praia – uma distinção que já recebeu por sete vezes mas que tinha perdido no ano passado para o Peloponeso, na Grécia.

Entre os grandes projectos turísticos, o destaque vai para os Passadiços do Paiva em Arouca, que ganha, já pela quarta vez, prémios nos WTA: venceu como melhor atracção turística de aventura e melhor projecto de desenvolvimento turístico. Já para o Dark Sky Alqueva, a reserva de terra e céu que permite admirar as estrelas ao longo de seis concelhos alentejanos, foi o prémio de Turismo Responsável.

São precisamente estas distinções, além do prémio global de melhor destino europeu, que são realçadas pelo ministro adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, num comunicado enviado ao PÚBLICO. Considerando um “orgulho especial” que o país continue a “ganhar prémios de sustentabilidade”, o ministro lembra que Portugal conquistou, em Março, a distinção de Destino Mais Sustentável da Europa e traça uma meta: “Estamos cada vez mais perto de sermos o destino mais sustentável do mundo.”

Nas empresas, quem saiu a ganhar foi a TAP. Por três vezes: foi declarada a melhor companhia de voos para África e para a América do Sul; e a Up Magazine foi considerada a melhor revista de bordo. Já a Douro Azul voltou a ser premiada como a melhor companhia de cruzeiros.

Os restantes galardoados portugueses são hotéis de luxo, quase todos no Algarve, Madeira e Grande Lisboa. Entre estes, destaca-se a Quinta da Bela Vista (boutique hotel); o Pestana Porto Santo (melhor resort tudo-incluído), o Conrad Algarve (resort de luxo no segmento lifestyle) ou o 1908 Lisboa (melhor design hotel). O Reid’s Palace, onde decorreu a gala, foi declarado o melhor hotel de Portugal.

A rematar a chuva de prémios para o país, houve ainda mais dois galardões: um para a entidade que mais se dedica a promover estes e outros certames, o Turismo de Portugal, considerado o melhor organismo oficial nacional de Turismo; outro para a entidade que faz o mesmo trabalho mas regional: o Turismo de Lisboa.

Entre os premiados internacionais, contam-se a Turkish Airlines e Norwegian (melhor companhia aérea e melhor low cost, respectivamente), o aeroporto de Zurique, São Petersburgo (melhor destino urbano), o Çırağan Palace Kempinski de Istambul (melhor hotel)​ ou o EPIC The Irish Emigration Museum (melhor atracção turística).

Os WTA, que são atribuídos desde 1993, decorrem ao longo do ano em diversas rondas regionais que culminam na derradeira gala, onde serão premiados os melhores do mundo. Os prémios são votados online (toda a gente pode votar, mas o voto de cada profissional registado vale por dois). Em 2018, foi Lisboa que acolheu a festa, mais um sinal da boa e duradoura relação entre o país e os WTA. E com excelentes resultados para o país anfitrião, declarado, então, o melhor destino do mundo, pela segunda vez consecutiva, num total de 17 distinções, incluindo melhores cidade (Lisboa, também melhor city break), destino insular (uma vez mais, a Madeira) ou atracção turística de aventura (os cada vez mais célebres Passadiços do Paiva). Este ano, a gala mundial realizar-se-á em Novembro, em Mascate, Omã. A lista completa de premiados pode ser consultada no site oficial.

WTA Europa – Portugal
Destino: Portugal
Destino de praia: Algarve
Destino insular: Madeira
Destinos de escapadelas urbanas (city break): LIsboa
Porto de cruzeiros: Lisboa
Prémio Turismo Responsável: Dark Sky Alqueva
Atracção Turística de aventura: Passadiços do Paiva
Projecto de desenvolvimento turístico: Passadiços do Paiva
Companhia de cruzeiros fluviais: Douro Azul
Companhia aérea para África: TAP
Companhia aérea para América do Sul: TAP
Revista de bordo: UP (TAP)
Organismo oficial de turismo (nacional): Turismo de Portugal
Organismo oficial de Turismo de cidade: Turismo de Lisboa

Hotelaria
Melhor resort tudo-incluído: Pestana Porto Santo
Resort de praia: Hotel Quinta do Lago
Design hotel: 1908 Lisboa Hotel
Boutique hotel: Quinta da Bela Vista
Business Hotel: EPIC SANA Lisboa
Resort insular: Belmond Reid’s Palace
Lifestyle resort: Douro Royal Valley Hotel
Hotel e vilas Luxo: Vila Vita Parc
Lifestyle resort luxo: Conrad Algarve
Hotel de turismo de negócios e congressos: EPIC Sana Lisboa
Resort de Villas: Dunas Douradas Beach Club
Resort romântico: Monte Santo Resort

WTA Portugal
Hotel: Belmond Reid’s Palace (Madeira)
Resort: Vilamoura As Cascatas Golf Resort & Spa
Boutique hotel: Pestana CR7 Funchal
Business Hotel: Pestana Palace (Lisboa)
Hotel de conferências: Pestana Cidadela Cascais
Design Hotel: 1908 Lisboa Hotel
Resort familiar: Martinhal Sagres
Hotel “verde”: Galo Resort Hotels (Madeira)
Hotel Residences: Troia Design Hotel
Hotel Suíte: Roof Garden Suite @ Conrad Algarve
Lifestyle Hotel: Pestana CR7 Funchal
Apartamentos: Pine Hills Vilamoura
Villa Resort: Sublime Comporta
Rent-a-car: Europcar
Operador de turismo de negócios e congresso: Abreu DMC Portugal

Back to top

Deixe uma resposta