Novos edifícios vão dar à Universidade Católica o dobro do tamanho

* Texto publicado originalmente no site TimeOut

A Universidade Católica já escolheu o projecto vencedor do concurso que pedia a melhor solução para o alargamento do campus de Lisboa. João Carrilho da Graça venceu.

A Universidade Católica nasceu nos anos 60 e nunca mais parou de crescer. Tanto que já rezava por mais espaço para encaixar todas as valências que respondam às necessidades dos milhares de alunos que hoje a frequentam e dos que ainda estão para vir.

Foi assim que nasceu um concurso de arquitectura do qual se sagrou vencedor o arquitecto Carrilho da Graça, o mesmo que desenhou projectos relevantes para a cidade de Lisboa, como o Museu do Oriente, o Terminal de Cruzeiros de Santa Apolónia ou o renovado Campo das Cebolas. Apenas alguns exemplos de uma quase interminável lista de projectos e distinções.

O próximo desafio está ganho, falta concretizar o projecto chamado Campus Veritati cuja construção arranca em 2021 no lado norte do campus, junto à Avenida Lusíada: a expansão do campus da Católica em Lisboa, que duplicará o tamanho actual, avança o jornal Expresso. O semanário adianta ainda que se trata de um novo conjunto de edifício que irá acolher um centro de conferências polivalente, um centro de inovação e as futuras instalações da Católica Lisbon School of Business & Economics, que mudará assim de local.

O investimento total, que inclui a renovação das actuais instalações, ronda os 50 milhões de euros, avança ao Expresso a reitora Isabel Capeloa Gil.