Centro e Alentejo com as casas mais baratas do País

* Texto publicado originalmente no site Visão

Valores das casas à venda em Beja, Portalegre, Guarda ou Castelo Branco representam menos de metade da média nacional

É nas regiões do Centro e do Alentejo que se encontram as casas mais baratas à venda na plataforma Imovirtual. Na análise efetuada aos anúncios publicados em julho, entre os quatro distritos com os preços médios de venda mais baixos estão Castelo Branco (121.134€) e Guarda (123.851€), Portalegre (114.483€) e Beja (131.273€).

Porém, foi num outro distrito da região alentejana, em Évora que ocorreu o maior aumento de variação percentual de preço face ao mês anterior – cerca de 4%. Ou seja, o valor médio de 202.181€ em junho passou para 210.094€ no mês seguinte.

Ainda assim, um valor muito abaixo do preço médio de venda a nível nacional dos imóveis anunciados na plataforma e que se situa em 341.089€ em julho ( -1,73% face ao mês anterior).

A contribuir para esta média elevada estão os preços praticados no distrito com as casas mais caras de Portugal: em Lisboa, um imóvel custa em média 542.996€. Face ao mês anterior o preço médio de venda diminuiu -1,73%.

À semelhança de Lisboa, as restantes três regiões com os imóveis mais dispendiosos, Faro, Região Autónoma da Madeira e Porto, apresentaram um decréscimo na variação do preço médio de venda de -1,80%, -1,74% e -0,48% respetivamente.

Apesar destas reduções, os preços médios atuais dos anúncios de imóveis no Imovirtual ainda não refletem o impacto da pandemia. Em comparação homóloga com o ano passado, verifica-se mesmo que os valores de julho de 2020 aumentaram 5,18%, passando de 324.281€ para 341.089€.

O preço médio anunciado tem vindo a crescer com especial destaque a partir de novembro de 2019 atingindo o pico em abril de 2020. No mês de maio registou-se uma desaceleração do crescimento dos preços no mercado de compra e venda, mas assistiu-se a uma recuperação no mês de junho.

O distrito que registou a maior variação percentual foi Vila Real(12,92%), com o preço médio a passar de 155.967€ no período homólogo do ano anterior para 179.125€ em 2020, ou seja, uma diferença em termos absolutos de 20.158€.

Évora segue Vila Real como segundo distrito com maior variação de preço médio, tendo registado um aumento percentual de 12,07%, de 187.474€ em julho de 2019 para 210.094€ em julho de 2020. Já Portalegre foi o distrito com a maior quebra percentual no período considerado com -23,88% (de 150.402€ em 2019 e de 114.483€ em 2020).

Menu