Cascais é uma das cinco cidades portuguesas, entre 100, a nível mundial, que mais utilizam energias renováveis

* Texto publicado originalmente no site oGuia

Hoje é Dia Nacional da Energia. Cascais na 1ª linha da defesa ambiental

Dinamismo, juventude, inovação e energia. Energia é mesmo a palavra que melhor define Cascais! Está no seu ADN. Cascais é uma smart city de primeira linha a nível internacional.

A inovação está associada a tudo o que neste concelho se desenvolve. Mesmo em tempos de pandemia, a resposta dada por Cascais reflete essa criatividade energética vibrante. Como smart city, Cascais há muito que aposta nas mais variadas vertentes de sustentabilidade, nomeadamente na energia.

Para isso, Cascais desenvolveu uma matriz energética que lhe permite fazer um balanço e análise de todas as formas de consumo de energia no concelho.

Cascais tornou-se assim um palco de visibilidade na transição energética ao apostar na mobilidade elétrica e dando um grande exemplo ao promover a substituição dos combustíveis fósseis nos transportes.

A Câmara de Cascais diminuiu os seus consumos energéticos nos edifícios e equipamentos, na frota automóvel, e na iluminação pública.

Foi instalada iluminação inteligente em 500 metros da zona protegida da Duna de Cresmina, sem qualquer ligação à rede elétrica nacional. Por outro lado, o projeto do Paredão, entre Cascais e Carcavelos, foi dotado de iluminação inteligente que permite uma gestão, em tempo real, luminária a luminária. Este projeto é um dos melhores exemplos de eficiência energética que se traduz na redução em 85% dos consumos associados à iluminação das praias da costa sul do concelho.

Cascais quis democratizar a mobilidade suave e colocou o ecossistema MobiCascais no centro da economia circular, iniciando uma revolução na mobilidade urbana, com soluções integradas de estacionamento, transportes públicos e bicicletas inteligentes.

Num claro sinal de mudança, o primeiro veículo autónomo nacional foi colocado ao serviço dos estudantes da Universidade Nova em Carcavelos.

Mas, como smart city, Cascais também inovou ao implantar um sistema inteligente destinado a reduzir o número de recolha de resíduos e a aumentar a reciclagem, poupando tempo, dinheiro e energia.

Graças a este espírito inovador, Cascais é uma das cinco cidades portuguesas, entre 100, a nível mundial, que mais utilizam energias renováveis.

E neste dia Nacional da Energia, que hoje se celebra, a população de Cascais está a levar de vencida, de forma determinada, a crise sanitária da Covid19, com a mesma energia de sempre. S.R.S.